Email  Adicionar  Remover  
 Home
 Histórico
 Quem Somos
 Equipe
 Estrutura
 Controle de Qualidade
 Cursos
 Cursos de Mergulho
 PADI
 Cursos p/ Iniciantes
 Cursos p/ Certificados
 Profissionalizantes
 Cursos em Curitiba
 Escola Volante
 E-learning
 Programa GO PRO
 Cursos para Crianças
 Galeria de Fotos
 Links Úteis
 Guia de Bombinhas
 Informações Gerais
 As Praias
 Atividades
 Ecoturismo
 Condições do Tempo
 Contato
 FAQ's
Logo padi

Cursos para Crianças

  • As crianças e o mergulho.
  • A pergunta que todas os pais fazem em nossas lojas quando chegam com crianças, - poemos matricular nosso filho em algum programa de mergulho?
    Nossa resposta é sempre, claro que sim!!
    Veja a seguir porque seu filho pode participar de um porgrama de mergulho.
    Então vamos fazer uma análise, o mais completa possível para esclarecer esta dúvida.
    Muitas pessoas poderiam dizer ou imaginar que uma dupla formada por Pai-Filho, este último,em caso de alguma emergência , não estaria em condições de dar assistência a seu parceiro adulto.
    Mas para surpresa de muitos, já houve casos, nos que crianças ofereceram ajuda a adultos. Não devemos subestimar as crianças já que elas podem chamar o sistema de emergência médico ou realizar uma reanimação cardiopulmonar, ações de vital importância numa situação de emergência.
    Por outro lado uma criança para poder ter na sua mão uma certificação que lhe permita mergulhar , deverá ter demonstrado para seu instrutor ser uma criança hábil, responsável e que seguiú e compreêndeu todos os passos e normas do curso.Estas crianças são o suficientemente inteligentes para saber como inflar o colete da dupla, pedir ajuda em superfície e se for necessário soltar o cinturão de lastro.

    Vamos fazer uma análise, agora de como pode influenciar o mergulho no organismo de uma criança.
    Existem muitas controvérsias, na discussão que se origina em relação as prováveis lesões que podem vir acontecer se permitimos a uma criança entrar num programa de mergulho.
    O que posso lhes informar é que depois de muitas pesquisas, consultando literatura médica que se refere ao mergulho com as crianças, e depois de ter consultado alguns famosos médicos como o Dr Simon Mitchel, a DAN ( Divers Alert Network) foi concluido que não existe documentação nem material clínico ou científico que possa corroborar a existência de lesões nas crianças durante a prática do mergulho autônomo.

    Desenvolvimento de ossos.
    Antigamente acreditáva-se que a pressão podia atrofiar o crescimento dos ossos e causar uma necrose.Ao respeito deste assunto podemos dizer:
    Não existem dados relevantes, de que isto esteja comprovado, além do mais nunca se fez nenhum estudo que pudesse verificar isto, nem animais nem humanos)
    2- Adolescentes que sofreram algum sintoma de Doença Descompreensiva, não manifestaram nenhum sintoma que mostrasse algum problema dentro do processo de crescimento dos ossos.
    .
    Os pulmões.
    Informações da DAN e outras organizações médicas indicam que os pulmões terminam de se desenvolver aos 8 anos , esta é a razão pela qual as certificadoras de mergulho adotaram esta idade como mínima para incluir as crianças em alguma atividade relacionada ao mergulho autônomo.

    Ouvidos.
    Diferente dos adultos, as crianças apresentam uma possibilidade maior de que algumas lesões possam vir a acontecer , inflamações, barotraumas etc.
    A solução para estas prováveis lesões será , ensinar corretamente as técnicas de equalização e descida nas aulas em águas confinadas (piscina ou meio ambiente similar) antes deles terem a sua experiência em águas abertas (mar)

    Como deveria atuar o instrutor que vai ensinar a seus filhos?
    Sempre o mais aconselhável é que o instrutor convide aos pais a participar das aulas porque assim ambas partes poderão ter a tranqüilidade de que tudo esta se desenvolvendo na forma certa.
    Este instrutor deverá entender um conceito muito importante:
    UMA CRIANÇA NÃO É UM ADULTO PEQUENO.
    Ë muito importante que as crianças não sejam obrigadas pelos pais a realizar um curso de mergulho , aqui o instrutor deverá fazer uma avaliação para verificar a verdadeira motivação, assim também como a habilidade, atitude , preparação emocional e psicológica da criança que esteja por participar num programa de mergulho autônomo. Sempre lembre do seguinte, o mergulho não é uma atividade apropriada para crianças ou adultos, quando o interesse não tenha se originado neles mesmos.

    Ensinar crianças a mergulhar seja com snorkel ou com equipamento autônomo pode ser divertido e gratificante, mas quem se decide a fazer-o deverá realizar alguns ajustes no método instrutivo, tanto na parte pedagógica (as crianças precisão de mais reconhecimento, conforto, elogios e um grande reforço positivo) como assim também nos procedimentos de controle.
    Não será muito fácil , precisa-se de muita energia e paciência.

    Quais são os benefícios ao fazer participar uma criança num programa de mergulho?
    Colocando uma criança num programa de mergulho, você estará encorajando ele a praticar um esporte que é considerado sem impacto e sem contato, a diferença de muitos outros esportes, estarão realizando uma atividade saudável, gratificante e divertida, mantendo eles longe das drogas ou de outros caminhos destrutivos, sem mencionar que estarão praticando um esporte que pode ser tranqüilamente praticado por toda a família.
    Além do mais os programas de mergulho para crianças desenvolvidos pela PADI em parceria com a Hy Brazil Mergulho, permitem as crianças conhecer o mundo subaquático ,adquirir novas habilidades, aprender a ser responsáveis pelas suas ações a estabelecer metas e objetivos, com o qual adquirem mais confiança e que os faz sentir mais orgulhosos pelos objetivos alcançados.


    Quais são os benefícios ao fazer participar uma criança num programa de mergulho?
    As vezes inconscientemente colocamos nossos filhos a praticar esportes como artes marciais, equitação, esqui, ginástica, skate, basquete,Rugby etc. nos quais a porcentagem de lesões é muito alta, somente nos EEUU foram atendidas nos últimos anos, quase 800.000 crianças de menos de 15 anos, por lesiones produzidas pela prática destes esportes, onde os traumas mais comum envolveram lesões cervicais e espinais.
    Com isto não estou dizendo que o mergulho é um esporte com risco zero ,mais pelas estatísticas sabemos, que houve somente um caso de acidente fatal envolvendo uma criança, isto comprova que o verdadeiro risco de lesões nas atividades subaquáticas é provavelmente mínimo.


    Um comentário final:
    É inevitável a enumeração e discussão dos problemas e riscos que poderiam suceder quando se está praticando uma atividade que parece ser perigosa.
    Embora falei que o mergulho autônomo é uma atividade que poderia ser considerada como de risco menor as outras mencionadas (como esportes de risco está em sétimo lugar) ninguém poderá garantir que nunca algum problema poderá vir acontecer.Como por exemplo, o fato de alguma criança se sentir atraída por algum peixe e se afastar do instrutor, podendo ela se encontrar com serias dificuldades. Evidentemente em todos os casos poderia vir a acontecer uma situação destas, mas é para isso que o instrutor está presente em todo momento.
    Desejo lhes aclarar que não tenho nada em contra com a prática de esportes de contato, já que durante os 8 anos de idade joguei rugby considerado um dos esportes de contato mais violentos, e hoje depois de ter sofrido uma operação de cervicais não consigo deixar a prática deste esporte.
    Para finalizar , intuitivamente, como pai , me sentiria muito mais confortável, sabendo que meu filho Pablo León, está praticando mergulho numa piscina de 1,5 mts,ou num local de águas abertas tranquilo ao invés de estar inde de bicicleta para o colegio ou de skate na rua, como hoje vejo muitos garotos fazer.
    Posso lhes dizer que os programas de mergulho , tanto para crianças de 5 anos até as de 15 sempre e quando não sejam praticados em ambientes não propícios, são comparativamente seguros se os comparamos com as outras atividades que diariamente as crianças praticam..

    Hy Brazil Mergulho tem obtido ótimos resultados com este programa tão gratificante. Seja no curso Open Water Diver Junior,ministrado para crianças de 10 a 15, assim como com as atividades dos programas aquakids que foram desenvolvidas para crianças de 5 a 10 anos de idade

    Espero poder ter passado algumas informações úteis, e sempre que forem fazer participar suas crinaças em programas de mergulho,acompanhem o desenvolvimento do deste, para assim ter a certeza de que tudo esteja indo certo, o que você considere que não está certo consulte com o instrutor.

    Sergio O Jiménez
    Diretor
    Hy Brazil Mergulho


    Clique para ampliar
  • Programa AQUAKIDS
  • Bubblemakers
  • Padi Seal Team